mercadores de café no séc XIV

O CAFÉ PELO MUNDO

Comércio de café entre árabes e europeus - 1690

Comércio de café entre árabes e europeus – 1690


O café tornou-se a bebida do Islã e por ser uma bebida maometana, era proibida entre os cristãos. Seu consumo somente foi liberado após o Papa Clemente VIII ter provado o café em meados do século XVI.
Na Inglaterra, em 1652 foi inaugurada a primeira casa de café da Europa ocidental. Dois anos depois a Itália inaugura a segunda e em 1672 Paris abre as portas de seu primeiro café. Foi na França que, pela primeira vez, adicionou-se açúcar à bebida durante o reinado de Luís XIV, o Rei Sol.

Em sua peregrinação pelo mundo, o café chegou a Java e em seguida aos Países Baixos. Graças ao dinamismo e comércio marítimo holandês executado pela Cia das Índias Ocidentais, o café foi introduzido no Novo Mundo, espalhando-se pelas colônias francesas através de Gabriel de Clieu.

O café passa a ter importância nos mercados internacionais no decorrer do século XVIII, quando se transforma no principal alimento de luxo nos países do Ocidente. É este fato que estimula a sua cultura nas colônias tropicais da América e da Ásia. No entanto, o Brasil entra apenas tardiamente na lista dos grandes produtores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *